Thursday, February 9, 2012

0 DICAS DE RACIOCÍNIO LÓGICO PARA CONCURSO INSS 2012

O professor Alexandre Portela, do curso Degrau Cultural, do Rio de Janeiro, apresentou dicas sobre Raciocínio Lógico, especialmente para os candidatos ao cargo de técnico no concurso do INSS, que farão prova no próximo domingo (12). De acordo com o professor, a prova é feita para cansar os inscritos, que temem não ter tempo suficiente para responder a todas as questões.
Especificamente neste ponto, a dica do professor é que os concorrentes tenham paciência e leiam calmamente os enunciados. Dessa forma, aponta ele, a leitura, apesar de inicialmente mais demorada, se torna mais eficaz, o que acaba otimizando o uso do tempo da prova. Afinal, capacidade de leitura e de interpretação são dois diferenciais exigidos nas questões da disciplina, quando elaboradas pela Fundação Carlos Chagas.

Caso fosse possível, quais temas o senhor elegeria como presenças certeiras na prova de Raciocínio Lógico?
Alexandre Portela -
 Correlações na prova deles é praticamente certo. Correlações com pessoas e verdade e mentira; é o que eles chamam de Cálculo Associativo. Nas últimas três provas do Banco do Brasil apareceram psicotécnicos envolvendo as operações e sequências numéricas. No Cálculo Proposicional/Setencial está acontecendo algo estranho, pois eles nunca pedem Negação de Proposição - e há sete questões de Negação nas provas de 2010 e 2011. Nunca cobraram e resolveram cobrar agora. Outro conteúdo é Argumentação com Diagramas, que vem ocilando muito. Mas, em uma prova como a do INSS, acredito que esteja presente. E para finalizar, com certeza a última questão será de porcentagem. Eles sempre pedem isso.

Como a Fundação Carlos Chagas costuma cobrar o conteúdo?

Eu costumo dizer que a Carlos Chagas descobriu a pólvora. Ela descobriu que Matemática é fácil e pensou em como dificultar para o candidato. Ela decidiu: texto difícil! A pegadinha é o próprio texto. Os enunciados das questões são longos e cansativos, com difícil interpretação. Por causa disso, ela não se dá o trabalho de colocar armadilhas nas opções de respostas, pois sabe que o que complica é o entendimento da questão. As questões são de interpretação pura e pesada!

Qual é o estilo de prova desta organizadora?

A prova não possui muita interdisciplinaridade, ou seja, não mistura muitos conteúdos em uma questão. O estilo da prova deles é complicado. Geralmente colocam as matérias cansativas, que exigem do concurseiro um pouco mais de concentração no início, e quando o candidato já está mentalmente cansado, colocam a prova de Raciocínio Lógico. A prova de Raciocínio Lógico, em si, é repetitiva, cansativa, não muda muito em relação às anteriores. Todo o conjunto da prova é montado de uma maneira: com diálogos pesados e as opções não são muito bobas. Porém se o candidato conhecer as provas anteriores, ele sai tranquilo. É mais conhecer as provas do que temer questões novas. A FCC não põe questões novas, pois eles se garantem na interpretação de texto. É o mesmo estilo sempre!

Há "pegadinhas" nas questões? Como elas são apresentadas?

Como falei anteriormente, a maior pegadinha é a interpretação de texto. Eles mostram um caminho mas querem outro. Caso o candidato leia rápido, não irá entender. Tem que separar as informações, ir com calma. As opções são afastadas, mas induzem o candidato a um caminho errado.

Quais os cuidados necessários que os candidatos devem ter para se saírem bem no dia 12?

O candidato deve separar as informações no canto da prova, porque se for ler tudo primeiro, vai complicar. Matemática é como saborear um prato de comida, tem que ir comendo em garfadas. E é assim que deve ser feito com a questão, ir aos poucos, anotando as informações necessárias nos cantos das páginas. Quando o candidato faz isso, tira a chance de seguir o caminho errado ao qual os organizadores induzem, pois irá se guiar pelas suas anotações e não pelo texto do enunciado confuso. Não adianta ler e querer interpretar tudo de uma vez. As questões da FCC têm que ser respondidas em no máximo quatro linhas. Se ficou grande é porque o candidato errou ou esqueceu alguma coisa no meio do enunciado.

Qual é a melhor tática de estudo nesses últimos dias antes da prova?

A melhor forma é baixar as provas anteriores e resolver as questões. Como disse, as questões são repetidas, não há muitas mudanças. Às vezes pode até não parecer, mas a técnica que o candidato utilizou em uma poderá utilizar em outra. Confira o gabarito e veja o que está errando. Analise a prova!

Teria uma consideração final para deixar aos nossos leitores, uma espécie de conselho final?

Neste estilo de prova da FCC, ler devagar também apressa. Não adiantar ler tudo rapidamente, com pressa... Ler bem e uma vez só é uma importante dica. Pode até parecer ao candidato que ele está gastando muito tempo, mas, na verdade, está poupando, pois vai fazer a leitura atenta apenas uma vez.

** Confira mais dicas para se dar bem no concurso inss 2012

About the Author

Author info. Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these with your own descriptions, if you like it Subscribe to Our Feed and Follow Me on Twitter

    Other Recommended Posts

  • Carreira, Concursos, Dicas, INSS

0 comments:

Post a Comment

 
back to top //PART 2