Tuesday, February 21, 2012

0 TABELA DE PONTOS APURAÇÃO CARNAVAL 2012 ESCOLAS DE SAMBA SÃO PAULO

Com a confusão ocorrida no final da tarde desta terça-feira (21), o Carnaval 2012 de São Paulo ainda está sem uma escola campeã. No momento em que a votação foi interrompida, estavam sendo anunciadas as notas do quesito comissão de frente, o último da apuração. A Mocidade Alegre era, então, a campeã do Carnaval paulistano, com 160 pontos. A Rosas de Ouro aparecia como vice-campeã.

Veja abaixo as notas das escolas do grupo especial quando a apuração foi interrompida:
1º Mocidade Alegre - com 160 pontos
2º Rosas de Ouro -  com 159,8 pontos
3º Vai-Vai - com 159,7 pontos
4º Mancha Verde - com 159,5 pontos
4º Unidos de Vila Maria - com 159,5 pontos
4º Acadêmicos do Tucuruvi -  com 159,5 pontos
7º Tom Maior - com 159,3 pontos
7º Dragões da Real -  com 159,3 pontos
7º Gaviões da Fiel - com 159,3 pontos
10º X-9 Paulistana - com 159,1 pontos
11º Império da Casa Verde - com 159 pontos
12º Águia de Ouro -  com 158,6 pontos
13º Pérola Negra - com 158,1 pontos
14º Camisa Verde e Branco - com 156,9 pontos
Confusão
Integrantes das escolas que estavam perdendo na apuração dos votos do Carnaval de São Paulo invadiram o setor de apuração, por volta das 17h30. Um rapaz, inicialmente identificado como um possível integrante da Império da Casa Verde, roubou o papel em que estavam as notas, o rasgou e saiu correndo do local.
O incidente deu início a uma pancadaria generalizada no Sambódromo do Anhembi, na zona norte da capital paulista. Cadeiras foram jogadas e as grades que delimitavam as áreas exclusivas para a direção das escolas e o setor dos jurados foram quebradas. A Polícia Militar tentou conter a confusão, mas o número de policiais no local era pequeno, se comparado com o de torcedores.
Com isso, a apuração dos votos dado às escolas foi suspensa. Logo após o incidente, Solange Cruz Bechara, presidente da Mocidade Alegre, afirmou não saber se existia uma cópia da nota dos jurados (que foi rasgada) e afirmou que não considera sua escola a campeã do Carnaval.
- Não posso me pronuciar sobre uma coisa que não aconteceu.
Ela falou ainda que entende, em parte, o que aconteceu.
Eu entendo o lado de todo mundo porque o Carnaval é muito disputado e ninguém quer descer para o grupo de acesso, mas a violência não leva a nada.
Após a pancadaria, torcedores invadiram a pista local da marginal Tietê, sentido Castello Branco, que precisou ser interditada. Por voltta das 17h50, eles seguiam pela via e deixava um rastro de depredação.
Incêndio
Durante a confusão, também foi registrado um incêndio no setor de dispersão do sambódromo, onde estão estacionado os carros alegóricos usados nos desfiles. Por volta das 18h10, as chamas que atingiam uma alegoria da Pérola Negra já tinham sido controladas com a ajuda de um caminhão-pipa. O diretor de marketing da Peróla Negra, Jaime Roizen, acusou os torcedores da Gaviões da Fiel de terem ateado fogo em um dos carros da escola. De acordo com Roizen, várias pessoas viram os integrenates da Gaviões deixarem a arquibancada frustrados e passarem ao lado da dispersão colocando fogo nas alegorias. Apesar de corintiano, o integrante da Peróla Negra defende a saída da Gaviões do Carnaval. 
- Eles são um bando de baderneiros. Receberam milhões do Lula e do Governo Federal e não tiveram capaciddade de fazer um desfile como o nosso. Por causa disso, vieram botar fogo no no sso sonho. Isso não se faz.

About the Author

Author info. Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these with your own descriptions, if you like it Subscribe to Our Feed and Follow Me on Twitter

    Other Recommended Posts

  • Atualidades

0 comments:

Post a Comment

 
back to top //PART 2