Friday, May 11, 2012

0 GOVERNO LANÇA NOVA PÍLULA ANTI-HIV NO COMBATE A AIDS

O uso do coquetel contra a Aids como ‘pílula do dia seguinte’ contra a doença foi ampliado pelo Ministério da Saúde. Documento divulgado ontem recomenda a médicos que ofereçam os remédios como ‘prevenção emergencial’ para quem fez sexo sem camisinha com portadores do vírus, profissionais do sexo, viciados em drogas e gays. Ou seja, somente em situações como, por exemplo, quando a camisinha se rompe ou sai durante a relação, ou quando um dos parceiros não sabe se tem o vírus.

Se tomados até 72 horas após a transmissão do HIV, os antirretrovirais podem bloquear a replicação do vírus dentro das células, impedindo que ele se multiplique e que ocorra a contaminação. 

Hoje, antirretrovirais são usados como prevenção de emergência em hospitais para reduzir o risco de infecção, mas apenas para vítimas de violência sexual ou em caso de acidentes. Assim, não acredita que a medida fará com que as pessoas, ao saber da possibilidade do uso de remédios, deixem de usar camisinha. Há uma consciência de que remédios contra Aids trazem efeitos colaterais. Essa profilaxia também não se limita a um remédio, durante um dia. 

É um tratamento de 28 dias.

About the Author

Author info. Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these with your own descriptions, if you like it Subscribe to Our Feed and Follow Me on Twitter

    Other Recommended Posts

  • Bem Estar, Dicas

0 comments:

Post a Comment

 
back to top //PART 2